quinta-feira, 18 de julho de 2013

Hiato e Combo históricos!

Olá pessoal querido que AINDA me acompanha por aqui! Dessa vez meu sumiço foi muito maior do que o habitual! O motivo dasta vez foi muito bom: passei no concurso público para dar aulas no município!!! Estou muito feliz e já estou trabalhando! Mas isso depois de vários e vários exames de admissão, além da tonelada de papéis a ser reunido para poder assinar a tão esperada nomeação! Tô adorando o novo trabalho, e agora tentando entrar na rotina de acordar as 6 da matina nesse inverno aqui da serra! rsrsrs Essa semana estou de férias do particular onde trabalho à tarde, mas daqui uns dias terei 40 hs de hora-aula, aí sim vamos ver como me viro nos 30... kkkkk
Bom, entre exames, entrevistas e papeladas, li muuuitos livros, mas não consegui postar uma mísera resenha! afff Vou começar colocando em dia as resenhas de históricos, um dos meus gêneros favoritos, e por sorte minha, li 3 livros maravilhosos da Editora Arqueiro! Li um atrás do outro e adorei todos os 3! Não vejo a hora de ler os próximos das coleções!

O duque e eu de Julia Quinn
Sinopse Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.
***
O que dizer de um livro que me cativou do início ao fim? Nem sei por onde começar, pois quando gosto muito de um livro as resenhas nunca saem à altura do que senti quando li! 
Simon, o duque em questão, sofreu muito na infância com a rejeição de seu pai por causa de sua gagueira. Após superar esse problema, Simon é forçado a voltar a Londres para assumir seu posto como duque, após a morte do pai. Já nos primeiros capítulos, Simon conhece a mocinha da história, a bela e irreverente Daphne, e fica completamente fascinado por ela. O que ele não esperava era que a bela fosse irmã de seu melhor amigo, e muito menos de que casar com ela fosse uma coisa que ele quereria tanto. Tudo começa pelo fato de Daphne estar tentando se livrar de um pretendente grudento e inconveniente, e Simon faz um acordo de se tornar noivo falso da amada. Mas no que tudo isso vai dar não é só romance!! Muita confusão espera os dois nessa aventura amorosa! 
Um romance fofo, engraçado e daqueles que te pegam pelo coração, O duque e eu é o tipo de livro impossível de largar! Já indiquei para meio mundo, mas quem o está devorando neste momento é minha sogra, que veio passar as férias aqui e me ajudar com minhas meninas! Se querem um livro para aquecer o coração, com certeza é o livro da Julia Quinn!
Super recomendado!!!

Desejo à meia-noite de Lisa Kleypas

Sinopse :  Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.

Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.
Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?
***

Começo ressaltando a beleza dessa capa!! Pode ser mais linda??? <3 Cada vez que olho pra ela fico in love!
 Nunca tinha lido nenhum livro sobre ciganos, ou com ciganos, mas esse superou todas as expectativas.
Primeiro volume da série Os Hathaway (ao todo serão 5 livros), nesse romance vamos acompanhar a história de Amélia a segunda mais velha dos Hathaway. 
 Amélia é a típica mocinha de romances históricos: independente, turrona e decidida, e é quando ela vai procurar seu irmão Léo em um bordel, que ela conhece Cam, um cigano misterioso, envolvente e extremamente sedutor. Leo, o único homem da família Hathaways, herdeiro do título de visconde, é um jovem arquiteto perturbado pela perda de sua amada noiva e incapaz de assumir as responsabilidades para com sua família, e com isso Amélia assume o controle pela família, o que era incomum na época. Comenta-se que todo homem que herda este título, sofre alguma coisa ruim em sua vida, e com Léo não foi diferente. Apesar do título, a família Hathaway está passando por maus bocados, e acaba tendo de mudar para a propriedade de Ramsay House, propriedade localizada em Hampshire herdada pela família. Amélia conhecei Cam na cidade, mas é em Hampshire que os dois começam uma deliciosa relação de amor, sedução e quebra de tradições da época vitoriana. Um mocinho apaixonado e decidido desde o primeiro capítulo versus uma mocinha turrona e cabeça dura, mas disposta a deixar o decoro de lado e se largar ao desejo por um homem nada convencional! 
Amei cada capítulo, sempre querendo um pouquinho mais do romance entre Cam e Amélia. Os protagonistas são muito carismáticos e com muitas histórias interessantes pra contar, mal espero para ler os outros volumes! Amei de paixão!!


Regras da sedução de Madeline Hunter

Sinopse: Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.

Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Esse foi o último dos 3 que eu li! Talvez pela escrita da autora, ou sei lá, mas de todos foi o que menos gostei! Achei algumas partes mais enroladas, mas mesmo assim, me cativou. Alexia é uma mulher talentosa na confecção de chapéus, mas na época pegava mal uma mulher de família trabalhar fora. Alexia vive com os primos em uma casa na cidade,  pois é órfã de pai e mãe. O que ela não esperava era ver a derrocada do primo banqueiro e a segurança de sua vida, mesmo que simples, ir por água abaixo. É quando a falência da família vem à tona que Alexia conhece o encantador Hayden, um dos solteiros mais cobiçados na região. Adorei o fato de o mocinho ficar apaixonado primeiro e ter que lutar para conquistar a donzela em questão, mas confesso que teve vezes que achei Alexia cabeça dura demais! Esse também é outro livro de irmãos, e eu adoro essas sagas, pois em cada livro deixa um aspecto de cada irmão por desvendar. Adorei, apesar de não ser um dos meus preferidos, a leitura foi bastante prazerosa, e mesmo assim indico para quem adora romances adultos e calientes.
Lembrando que todos eles tem cenas hot, ou seja, são livros para MAIORES DE 18 ANOS!!
Beijos e digam se leram e o que acharam!




terça-feira, 11 de junho de 2013

O destino do tigre de Colleen Houck

E finalmente chegamos ao final desta maravilhosa saga dos tigres! Confesso que não teve um livro que não devorei em pouco tempo, pois a trama é super envolvente e cheia de reviravoltas que te prendem do início ao fim! Quem não leu, não sabe o que está perdendo! Já indiquei pra tanta gente que até perdi as contas rsrs Meus alunos adoraram as capas, que são belíssimas mesmo, mas a história não decepciona também!
Olha o kit lindo que chegou da Editora Arqueiro aqui pra mim!! *-*


Já usei o lenço diversas vezes, pois adoro enfeites de pescoço rsrs

Aí vai a sinopse:
Com três profecias da deusa Durga solucionadas, agora resta apenas uma no caminho de Kelsey, Ren e Kishan para que a maldição seja quebrada. Mas o maior desafio do trio os aguarda: A busca pelo último presente de Durga – A corda de fogo – na Ilha Barren situadas na Baía de Bengala. Uma busca que ameaçará suas vidas. É uma corrida contra o tempo e o malvado feiticeiro Lokesh – neste ansiosamente aguardado quarto livro da série A Maldição do Tigre – colocará o bem contra o mal, testará laços de amor e lealdade, e , finalmente, revelará o verdadeiro destino do Tigre, de uma vez por todas.

Esse livro é daqueles de devorar em poucas horas, daqueles que só se larga para ir ao banheiro e olhe lá!! rsrs Verdade gente! Eu estava enlouquecida querendo saber com quem Kelsey ia ficar, e qual seria o destino dos dois tigres mais queridos do mundo literário. Adorei cada reviravolta, cada surpresa e as novas aventuras desse trio. Todos os pontos deixados abertos nos outros livros foram amarrados neste livro que me deixou total e completamente satisfeita com o desfecho dado pela autora. 
Não vou contar muito do enredo, pois como é o final da série, conteria spoilers para quem não leu, e isso não acho legal!
Obrigada Editora Arqueiro por proporcionar esta leitura mais do que prazerosa!




quinta-feira, 23 de maio de 2013

Fantasias Gêmeas de Opal Carew

 Quando recebi esse livro fiquei doida pela sinopse,  nem pensei muito e passei na frente dos outros rsrsrs Já indiquei para umas quantas amigas que gostam do gênero e logo terei mais gente para conversar sobre ele, pois fico doida pra fofocar algumas coisas e nada de alguém ter lido! Detalhe: É LIVRO ADULTO!! Daqueles que menores de 18 não devem nem sonhar em ler, ok?





Como vocês podem perceber, o livro tem a indicação de quão picante é, e se este é medio... meu Deus, o que esperar do Muito Picante? hauhuahua adorei rsrs

 Vamos a sinopse, então:

Sinopse 

Jenna Kerry tem um segredo. Ela sempre fantasiou em dividir a cama com dois homens, mas seu noivo Ryan nunca aprovaria. Então, Ryan aparece inesperadamente em uma noite e ela faz o sexo mais selvagem da sua vida. O único problema é que ele não é Ryan. Quando ela descobre a verdade - que seu noivo tem um irmão gêmeo - reacende um desejo de longa data. Ambos os homens estão determinados a tê-la, e vão provar seus talentos nas formas mais eróticas imagináveis. E ela ousa explorar sua fantasia mais ocultada ... ela poderia lidar com tudo o que os gêmeos de sangue quente têm a oferecer? Tranque a porta ao entrar neste conto da perversamente desinibida Opal Carew .



E como vocês leram na sinopse, a autora é completa e totalmente desinibida ao descrever as fantasias altamente ousadas de Jenna, a personagem central! Teve certos momentos em que pensei: sério?! Ela vai fazer isso mesmo? rsrs A história é sobre  Jenna e Ryan, namorados há 1 ano, mas com pouco contato. Quando estão juntos, Jenna sente que ele é caliente, mas o problema é que parece que Ryan a está evitando, ou perdendo o interesse por ela, o que faz com que Jenna se jogue em suas fantasias eróticas. Em uma tentativa de reacender a centelha com Ryan, Jenna abre o jogo e conta que sonha ter uma noite de amor com um estranho, sua fantasia secreta, mas ela acaba se desiludindo quando ele não aparece em uma festa de casamento em que haviam marcado. Mas é quando pensou estar tudo perdido que um lindo homem, idêntico a Ryan aparece no casamento dizendo se chamar Jake. Assim Jenna acha que seu namorado está realizando suas fantasias, e por isso embarca nessa loucura com o estranho com rosto conhecido! 
Gostei bastante da escrita fluida da autora e do capricho do livro, como edição, capa, mas confesso que algumas coisas achei meio improváveis de acontecer, bem fantasiosas mesmo, pois não creio que alguém em sã consciência dividiria sua noiva com o irmão gêmeo! Fala sério?! Só em livro mesmo rsrs Mas para quem curte o gênero como eu, é um ótimo passatempo! Eu indico! Ahhh O final não é de surpreeender, pelo andar da carruagem rsrs

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Eu sumi, mas consegui voltar!!

Oi gente! É, eu voltei!! Depois de um mês interminável de trabalho e problemas, consegui sentar aqui para escrever! Nem eu acredito... rsrs Parece que durou uma eternidade, porque li um monte, mas não consegui postar nada! Mês de fazer pareceres é assim, ainda mais os primeiros do ano, quando a gente tem que falar de alunos que até a pouco não conhecíamos, fora avaliar todas as provas, redações, e outras "cositas" que eu anoto por aí, em papeizinhos, cada vez que estou em sala! Pra completar, meu computador deu pane e com o velho  não consigo entrar em várias coisas na net!
Bom, agora voltei de vez, e com um monte de resenhas pra postar! Pensei em mudar o nome do blog, mas ainda não sei... Dizem que o nome em inglês é mais difícil de ser encontrado, ou de ser divulgado, mas confesso que estou mesmo em dúvida se troco ou não para um em português! O que vocês acham?
Bom, vou colocar fotos do que andou chegando por aqui nesse meio tempo!

 Os lindos da Novo Conceito!! *-*


 Lindos da Editora Prumo!


 Romances adultos e muito bons da Editora Geração! Essa semana sai resenha deles!
E os desejadíssimos da Editora Arqueiro!! Já li alguns e logo, breve, terá resenha!

domingo, 7 de abril de 2013

Never sky- Sob o céu do nunca de Veronica Rossi

Sinopse - Sob O Céu do Nunca - Never Sky - Livro 01 - Veronica Rossi

Desde que fora forçada a viver entre os Selvagens, Ária sobreviveu a uma tempestade de Éter, quase teve o pescoço cortado por um canibal, e viu homens sendo trucidados. Mas o pior ainda estava por vir... Banida de seu lar, a cidade encapsulada de Quimera, Ária sabe que suas chances de sobrevivência no mundo além das paredes dos núcleos são ínfimas. Se os canibais não a matarem, as violentas tempestades elétricas certamente o farão. Até mesmo o ar que ela respira pode ser letal. Quando Ária se depara com Perry, o Forasteiro responsável por seu exílio, todos os seus medos são confirmados: ele é um bárbaro violento. É também sua única chance de continuar viva.
Perry é um exímio caçador, em um território impiedoso, e vê Ária como uma menina mimada e frágil – tudo o que se poderia esperar de uma Ocupante. Mas ele também precisa da ajuda dela, somente Ária tem a chave de sua redenção. Opostos em praticamente tudo, Ária e Perry precisam tolerar a existência um do outro para alcançar seus objetivos. A aliança pouco provável entre os dois acabará por forjar uma ligação que selará o destino de todos os que vivem sob o céu do nunca.
Primeiro livro de uma eletrizante trilogia ambientada em um futuro imaginado, mas assustadoramente possível, “Never Sky: Sob o Céu do Nunca” chega ao Brasil rodeado de grande expectativa por parte dos fãs de distopias.
Em um cenário pós-apocalíptico, a população do planeta se dividiu entre aqueles que conseguiram esconder-se em cidades encapsuladas, conhecidas como núcleos, e as que sobreviveram nas áreas externas, mas tornaram-se primitivas. Através de um dispositivo eletrônico, os habitantes dos núcleos podem frequentar diferentes Reinos, cópias virtuais e multidimensionais do mundo que elas deixaram para trás.
Neles se pode fazer qualquer coisa, ser qualquer pessoa, sem consequências no mundo real. Mundos sem dor, sem medo. As palavras dor e medo, porém, fazem parte do vocabulário cotidiano dos que vivem além das paredes dos núcleos. A escritora Veronica Rossi se utiliza da oposição dessas duas sociedades para pensar o poder da tecnologia, seus benefícios, malefícios e alienação que pode provocar nas pessoas.

Esse é o primeiro livro que recebo da nova parceira do blog, a Editora Prumo! Tenho que dizer que eu já tinha ouvido falar deste livro lá fora, que seria uma distopia maravilhosa, e tudo que li realmente era verdade!
Primeiramente, a capa desse livro é divina, linda mesmo!

A diagramação do livro é perfeita, com detalhes lindos a cada início de capítulo. Cada capítulo é contado a partir da perspectiva de cada personagem , no caso os principais, Ária e Peregrine, no entanto, não é narrado em primeira pessoa, mas sim há um narrador onisciente. Gosto desse estilo, pois assim podemos perceber o que cada um está sentindo da mesma situação, o que faz com que entremos ainda mais na história. Além disso, a tradução e edição estão muito boas, a meu ver, um capricho da editora, que vem trazendo muitos livros bons para o Brasil!


Eu estava numa vibe de livros adultos, romances, pois até então não estava encontrando uma distopia ou aventura que me arrebatasse nas primeiras páginas, então, quando recebi Never sky, nem pensei duas vezes e o levei para a mesinha de cabeceira! Sou dessas gente, como sou mãe/esposa/dona de casa/professora, meu tempo de leitura é sempre à noite, antes de dormir! E olha, que se não fosse o cansaço dos últimos dias, teria lido o livro em dois dias, de tão bom que é!

Ária é uma jovem linda e talentosa, possui o dom da voz, ou seja, é uma soprano que possui uma voz potente e encantadora. No entanto a bela é uma ocupante, ou seja, mora em um núcleo chamado Quimera, totalmente isolado do mundo exterior, protegidos dos efeitos devastadores do éter. Os ocupantes não podem sair para o exterior da cúpula, então eles criaram uma forma de ver o mundo como gostariam sem sair do lugar através de um olho mágico, acoplado ao próprio olho, os chamados núcleos. Isso tudo é complexo, mas a autora consegue nos explicar com clareza de detalhes como esse novo formato de sociedade funciona. No entanto tudo começa com a falta de notícias que Ária tem de sua mãe, Lúmina. Lúmina é uma cientista e trabalha em Nirvana, um núcleo onda fazem pesquisas para melhorar a vida dos ocupantes. Mas como Ária está preocupada com a mãe, resolve ir ao Ag.6, uma cúpula de agricultura com Soren, filho do chefe de segurança. pra ver se consegue alguma informação sobre Nirvana. O que ela não esperava era Soren mudar seu comportamento ao desligar seus olhos mágicos e se transformar em um lunático. Nessa confusão, Ária fica ferida e é salva por um forasteiro que aparece do nada dentro da cúpula. Então, quando Ária acorda, seu mundo está de cabeça para baixo e várias mudanças estão prestes a vir em sua vida. Em seguida aos acontecimentos terríveis da noite na Ag.6, Ária é expulsa de Quimera e é jogada no mundo externo. 

“Eles chamavam o mundo além das paredes de núcleo de “a Loja da Morte”. Havia um milhão de maneiras de morrer por lá. Ária nunca achou que chegaria tão perto.” Pág. 7.

Peregrine é um forasteiro, um selvagem, como Ária o chama. Perry vive no mundo exterior, e foi ele quem salvou Ária na cúpula Ag.6,  quando tentava encontrar remédios para seu sobrinho Talon, pois o menino estava morrendo da mesma doença que acometeu a mãe meses atrás. Isso tudo começa uma grande confusão entre o mundo interno da cúpula e o externo, das tribos que tentam sobreviver sob o céu de éter. Talon é sequestrado ao mesmo tempo que Ária é expulsa, e é aí que o destino se encarrega de colocar Ária e Perry frente a frente. 
Salva pela segunda vez por Perry, os dois fazem um acordo de tentar se ajudar mutuamente, encontrando a mãe de Ária e salvando o pequeno Talon. Os dois terão que, além de tentar sobreviver num mundo em que muitas coisas e criaturas estranhas podem aparecer, lidar com seus temperamentos completamente diferentes.
 Uma história incrível de superação, de autoconhecimento e de um amor que atravessa todas as barreiras, Sob o céu do nunca arrebatou meu coração, me deixou sem fôlego e com vontade de quero mais! Leiam, leiam, leiam!


- As nuvens se dissipam? - perguntou ela.

- Completamente? Não. Nunca
- E quanto ao Éter? Ele some em algum momento?
- Nunca, Tatu. O Éter nunca some.
Ela olhou pra cima.
- Um mundo de nuncas sob o céu do nunca. (pág.116)

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Loucamente sua de Rachel Gibson


Sinopse 
De volta à sua cidadezinha para atender ao funeral do seu padrasto Henry, a bela cabeleireira Delaney é surpreendida com uma cláusula do testamento dele: se quiser receber a sua herança, ela deverá permanecer um ano inteiro na cidade e não ter "contato sexual" algum com o bad boy Nick, filho bastardo de Henry. Acontece que, dez anos antes, ela e Nick viveram uma paixão, e embora ele seja um mulherengo incorrigível, a proximidade de ambos reacende a antiga chama. Será Delaney capaz de resistir ao motoqueiro de conversa fiada?



Sou simplesmente suspeita para falar dos livros de Rachel Gibson, pois sou total e completamente apaixonada pelos livros dela!! Já li os 3 lançados aqui no Brasil e torço para que logo logo saiam mais livros da autora na terrinha. A escrita de Rachel Gibson é viciante, daqueles que a gente só consegue largar quando o livro termina, e quando termina, não consegue engrenar outro pois não esquece a história que acabou de ler!    
Rachel Gibson é mestra em escrever chiclit, gênero que mistura romance com comédia, o que ela faz primorosamente, pois não há partes chatas em seus livros.
Nesse livro a protagonista é Delaney, uma cabeleireira que sempre viveu sob as regras do padrasto. Este por sua vez foi casado com outras mulheres antes da mãe de Delaney, mas nunca conseguiu ter filhos. No entanto ele tem um filho, Nick, com uma mulher basca, Benita, mas não o aceita de forma nenhuma. Mas ao perceber que não pode mais ter filhos mesmo, e que está a beira da morte e que não tem quem continue com o sobrenome Shaw, ele decide manipular seu próprio testamento. Nele consta que Nick herdará suas terras mais valiosas, se não dormir com Delaney por um ano, isso não seria nada de mais, se Delaney não constasse no testamento como herdeira de parte de sua fortuna, se ela ficasse por um ano morando em Truly. O que o padrasto estava pensando com essa proposta?  Claro que Shaw saia o que estava fazendo e o que queria com ele: fazer com que os dois convivessem em Truly, e é lá que Nick e Delaney reencontram o passado, revivem antigas desavenças e claro, descobrem o amor.
Sabe aquele livro que te deixa com o coração aos pulos? É esse! Além de ser surpreendente em seu enredo, é sensual, engraçado e muito romântico, bem ao estilo dos livros de Rachel Gibson.
Amor misturado com ódio, orgulho e preconceito, além de ficar aquela dúvida herança ou rendição ao amor? 
leiam, porque vale muito a pena!
Conversei com várias pessoas sobre a edição do livro, mas a edição que recebi de parceria com a Geração Editorial não apresentava os mesmos erros que me falaram, então quer dizer que foi novamente revisado!  A capa é muito linda,  e a diagramação do livro é bem legal, com folhas amareladas, bem no estilo que curto! Agora ficarei na torcida para que a Gração traga mais livros da Rachel para o Brasil.

quinta-feira, 28 de março de 2013

Algemas de seda de Frank Baldwin


Sinopse 

Mimi Lessing está noiva do homem que ama, quando seu colega de trabalho, o irresistível Jake Teller, desperta a sua curiosidade e interesse. Disposto a seduzi-la, Jake a convida a assistir, sem ser vista, aos jogos eróticos dele com suas parceiras, a quem leva ao êxtase sexual por meio da dor. Então, as mulheres com quem Jake dormiu começam a ser assassinadas, e a própria Mimi desaparece. Homens e mulheres não deixarão a leitura deste thriller erótico e absorvente até a última página, para a qual se caminha num clima de sensualidade e suspense eletrizantes.


Esse livro foi lançado pela primeira vem em 2002, pela Geração Editorial, com o título de Jake & Mimi(http://skoob.com.br/livro/13661), e relançado com nova capa e novo título.
Quando recebi esse livro em parceria com a Geração Editorial gostei bastante da premissa: um livro sexy misturado com suspense! Não era apenas sexy por ser sexy, mas uma história se desenrolando, um mistério a ser descoberto. 
A capa é muito bonita, e faz parte de uma coleção chamada Muito prazer, e eu adorei eles terem colocado as pimentinhas para avisar quão erótico seria o livro! 
Dos que li nesse gênero até então, acho que foi o mais pesado, não tem tanto romantismo como em 50 Tons de cinza e a Trilogia Crossfire, e ainda longe das histórias da Bella Andre.
O livro se desenrola muito bem, contando a história de Mimi , uma mulher de 25 anos, prestes a casar com o homem que ama. Pelo menos é isso o que ela pensa até conhecer Jake, seu mais novo colega de trabalho. Jake tem a mesma idade de Mimi, mas não está planejando casamento como a colega, mas sim planejando qual será a próxima mulher que ele irá levar para a cama... Jake foi designado a trabalhar no mesmo lugar que Mimi, e por exigência de um cliente antigo, precisam trabalhar juntos em uma conta. Mas o que Mimi não esperava era se sentir tão atraída por Jake, ao ponto de ceder ao jogo de sedução do colega.
Isso porque Mimi começa a questionar sua pacata vida sexual, se sente estagnada e presa na monotonia em que seu noivo a procura, e fica tentada a experimentar a forma com que Jake dá prazer às suas conquistas. Mas enquanto a sedução está rolando, Mimi está sendo vigiada de perto por um homem misterioso e perigoso, e a partir da chegada de Jake, as mulheres com que o belo homem se relaciona começam a aparecer mortas.

Eu gostei do livro, a premissa é boa, mas achei que o final foi abrupto! Eu não sei se tem continuação, ainda não consegui descobrir, mas ficou muito subentendido, faltou um fechamento real, mas mesmo assim vale a leitura para quem curte o gênero! Além disso, o livro é bem escrito e descrito, o que faz com seja uma leitura agradável, fluida, rápida de se ler! Os capítulos são narrados em primeira pessoa, sendo cada um sob o ponto de vista de cada personagem, o que faz com que entremos na história a fundo. Leiam e me digam o que acharam! Beijoos!

terça-feira, 26 de março de 2013

72 horas para morrer de Ricardo Ragazzo

Sinopse - 72 Horas Para Morrer - Ricardo Ragazzo

Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! “O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.

Pra quem me conhece, sabe que gosto mesmo de um bom romance, mas desde o ano passado tenho me aventurado pelos trhillers e tenho gostado bastante. 72 horas foi recomendação da minha amiga Samantha, do blog Biblioteca Empoeirada, e chegou aqui em casa via Booktour. Eu já tinha lido alguns comentários sobre esse livro, mas não esperava gostar o tanto que gostei. Já até indiquei para algumas pessoas na escola!
Esse livro é um thriller daqueles de te deixar acordado, apavorante, mas ao mesmo tempo não tem como largá-lo, pois a vontade de saber o que acontece no final é maior do que o medo rsrsrs

Ricardo Ragazzo tem uma escrita fluida, daquelas que a gente lê várias páginas sem nem sentir. Um livro muito bem escrito, com os acontecimentos bem amarrados e um final de tirar o fôlego. Vale muito a leitura para aqueles que gostam de suspense, e também para quem nunca leu, pois vai se encantar pela escrita do Ricardo.
A história já começa de uma forma eletrizante, daquelas em que você pensa:  "nossa, mas já?" No primeiro capítulo a namorada de Júlio está  desaparecida, e o policial precisa correr contra o tempo para encontrá-la viva, e nisso começa o grande mistério de quem está por trás da vingança contra Júlio. Será que quem está por trás de todos os crimes é alguém que Júlio já prendeu? E quais são suas motivações? A partir do crime contra sua namorada, uma onde de assassinatos horríveis cerca a vida de Júlio, e o faz parar para pensar.
O policial começa suas investigações, sabendo que seu emocional abalado pode afetar suas decisões e fazer com que as tome erroneamente, mas isso não o faz desistir, e sim seguir em frente para proteger seu bem mais precioso: sua única filha Laura. Em uma trama alucinante, vamos chegando com nosso protagonista cada vez mais perto do culpado e de sua motivação para cometer tantos crimes, no entanto nada é o que parece ser...
Confesso que Júlio me deixou assustada em alguns trechos do livro, pois apesar de ser um policial, ele muitas vezes age sem pensar, de uma forma olho por olho, dente por dente. No entanto, é assim que percebemos que ele está tentando lidar com seus próprios demônios, os quais estavam guardados há vários anos.
Gostei muito da trama veloz e intensa, e a tensão com que as coisas acontecem fazem com que o leitor tenha uma leitura rápida e assustadora. Só recomendo para aqueles de estômago forte e que realmente gostem do gênero, pois as cenas não são nada agradáveis... Uma mistura de gêneros foi o final deste livro, o que acabou me fazendo voltar a alguns trechos para achar o link que trazia para o final, o lugar onde estava a chave para aquele desfecho tão estranhamente diferente
Gostei bastante, mas leiam e me digam o que acharam!


quinta-feira, 21 de março de 2013

Não posso me apaixonar de Bella Andre

Sinopse

Gabe Sullivan é um bombeiro de São Francisco que arrisca sua vida todos os dias. E sabe, por experiência própria, que não deve se envolver com as vítimas de incêndios. Megan Harris admite que deve tudo ao heroico bombeiro que entrou no prédio em chamas para salvar sua filha de sete anos. Ela lhe deve tudo, exceto seu coração, pois, após perder o marido, cinco anos antes, jurara nunca mais sofrer por amor e pela perda.
Contudo, quando Gabe e Megan se reencontram e as chamas incontroláveis do desejo se acendem, como ele poderia ignorar a coragem, a determinação e a beleza dela? E como ela poderia negar não apenas o forte vínculo de Gabe com sua filha, mas também a maneira como seus beijos carinhosamente sensuais a induziam a colocar em risco tudo o que manteve por tanto tempo?
A atração entre Gabe e Megan é irresistível, e se ambos não forem cuidadosos, correm o risco de se apaixonar.
Eu sinceramente me encantei com a escrita da Bella Andre, pois é fluida e leve, fácil de ler! Esse já é o terceiro livro dela que leio, e não vejo a hora de ler a história do próximo Sullivan, que pelo que vi será Sophie, a irmã boazinha rsrs como os irmãos falam!
Não posso me apaixonar é o terceiro livro da série Os Sullivan, onde cada livro retrata a história de um dos irmãos, que no total são oito. Já li os dois anteriores, e gostei bastante, e obviamente que este estilo de livro deixa as mulheres encantadas pela forma que as protagonistas são tratadas por seus amados.
Neste livro será contada a história de Gabe Sullivan o irmão bombeiro! Gabe não queria se aproximar de nenhuma vítima de incêndio que tenha sido salva por ele, mas acaba salvando Megan e sua filha Summer num grande incêndio no prédio onde elas moravam e a conexão entre eles começa ali mesmo, em meio a fumaça espessa...
Apesar de ser amor a primeira vista, e que muitos não acreditem nisso, eu confesso que gosto dessa abordagem! Não adianta, eu sou romântica assim mesmo, e gosto daquele friozinho na barriga que dá quando acontecem os desencontros ou decepções até encontrar a redenção ao amor. Esse livro é mais light, mais suave, talvez pela presença de uma criança, Summer, filha de Megan, e também pelos traumas que a protagonista tem do seu passado. Aliás, todos temos algum do qual queremos nos livrar, trancar em algum lugar ou esquecer, e é essa história de superação do medo de acontecer o mesmo que aconteceu no passado.
Gosto muito dos momentos em que os irmãos se encontram na casa da mãe, e quando as outras mocinhas dos livros anteriores aparecem, e com isso conseguimos saber o que aconteceu depois do final do livro deles. Além disso,  me encantam as cenas em que os irmãos estão juntos, pois são nesses momentos de descontração que vemos a verdadeira alma do personagem, seu verdadeiro estilo e caráter. Summer também é uma personagem bem interessante neste livro. A menina na maior parte do tempo serve de cupido para a mãe e Gabe, mas confesso que gostaria que ela tivesse aparecido mais, pois é encantadora e esperta.
O que posso comentar também que este livro não é erótico, no sentido literal do termo, ele é sensual sim, mas na dose certa, pois as cenas mais quentes são regadas com muito amor e carinho, e não o ato pelo ato. Esse é o estilo romanção, bem meu estilo favorito rsrsrs
Leiam e me digam o que acharam!

sexta-feira, 8 de março de 2013

O nome do vento e O temor do sábio de Patrick Rothfuss

O Nome do vento é a primeira parte da trilogia As crônicas do matador do rei, do autor Patrick Rothfuss, que atualmente tem sido apontado pelos críticos como o novo Tolkien. Não posso confirmar isso, pois nunca li os livros do Tolkien. Até tive um livro dele, mas comecei a ler e achei muito descritivo e acabei trocando. Estes dois foram cortesia da Editora Arqueiro, parceira linda aqui do blog



O Nome do Vento é o primeiro de três livros que falam sobre três dias em que Kvothe , o simples dono de uma hospedaria, conta sua história à um cronista e, através dele, nos apresenta três momentos de sua vida. O primeiro momento a que somos apresentados é o momento em que vivia em uma trupe itinerante com sua família e foi aí que aprendeu simpatias. É nesta época também que começa a fazer aulas com o arcanista Abenthy, e acaba se mostrando bem talentoso. No entanto em uma noite algo terrível acontece e Kvothe acaba ficando sozinho. Em seguida acaba tendo de se virar sozinho e é aí que acaba aprendendo os mistérios da arte de nomear as coisas.


O primeiro volume, que é o primeiro dia, foca na infância de Kvote, como tudo começou, dando importância aos fatos que fizeram com que ele se torna-se o que é hoje, uma lenda. É também neste primeiro volume que os leitores são apresentados a um mundo totalmente novo e inexplorado anteriormente, um mundo cheio de fantasia, com palavras mágicas, muito encantamento além de seres bizarros. Drama, aventura, fantasia, suspense e romance juntos num único livro que não é exatamente adulto ou infanto, mas que irá agradar leitores do gênero fantasia, com certeza.


Já em O temor do sábio, o autor aprofunda ainda mais nesse mundo fantástico em que Kvote viveu. O livro apesar de conter quase 1000 páginas, é envolvente demais! 

Viajando com Kvothe, descobrimos novas lendas, novas culturas e novas pessoas. Em O nome do vento temos os alicerces da história, já em O temor do sábio já temos algo mais concreto, um desenvolvimento maior da história, além de conhecermos ainda melhor Kvothe.
O segundo livro começa imediatamente onde O nome do vento terminou. Kvothe está em sua hospedaria contando sua história a seu aprendiz e ao cronista. Assim, é preciso pensar no que passou no primeiro livro, onde acompanhamos boa parte da vida de Kvothe e agora continuaremos sua trajetória.
O segundo livro tem um ritmo bem mais acelerado que o primeiro, até porque não precisamos ser apresentados aos personagens, pois o conhecemos no primeiro. Claro que aparecem novos, mas a história já está conosco, então é mais fácil entrarmos nela. O livro é bem interessante em sua narrativa, quase como se estivéssemos ouvindo lendas em uma fazenda distante à beira de uma fogueira. Lembrei meus tempos de campanha rsrs, da minha infância, mas pelo que entendi essa era a intenção do autor, fazer com que voltássemos no tempo, dando valor ao que os antigos nos contavam, e as lendas, pois Kvothe é considerado quase como uma, pois muitos nem acreditavam em sua existência. E é neste livro que começamos a entender como ele se tornou uma lenda em sua terra.
O livro é muito interessante, é a metade da série, então muitas coisas acontecem, mas nem tudo fica resolvido, o que deixa o leitor ansioso pelo livro final.
Conhecer Kvothe melhor, em sua humanidade, foi muito interessante, mas necessito saber como termina esta bela aventura, narrada quase que poeticamente por Patrick. Só tenho uma ressalva a fazer: leia-os seguidamente, pois assim a história estará fresquinha em sua memória, e você conseguirá lembrar melhor dos detalhes, tão importantes nessa narrativa fantástica!


quarta-feira, 6 de março de 2013

Bate-papo com Drica Pinotti



Antídoto da Drica Pinotti vai sair esse mês pelo selo Prumo Leia. Para comemorar mais esse novo lançamento da escritora, a editora decidiu fazer uma entrevista com perguntas mandadas por blogueiros e os fãs das suas obras.
Se você tem alguma pergunta sobre os seus próximos lançamentos ou até mesmo sobre A Pílula do Amor, o primeiro livro que narra às aventuras da Amanda, mande suas perguntas para promocao@editoraprumo.com.br, serão selecionadas 15 perguntas entre blogueiros e fãs da autora. Pois nada melhor do que descobrir um Antídoto para sobreviver às turbulências amorosas.

segunda-feira, 4 de março de 2013

O inferno de Gabriel de Sylvain Reynard

Sinopse
A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher. 

Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. 

O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. 

Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. 

Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. 

Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.


Quando li a sinopse desse livro entre os lançamentos da Parceira Editora Arqueiro, não pensei duas vezes e solicitei para resenha! Romances impossíveis e bem açucarados são o meu fraco... adoro romances que deixa a gente suspirando e querendo viver um amor igual ao dos personagens! Bom, eu venho engrenando um romance erótico um atrás do outros rsrs (tô nessa fase) e até pensei que este seria mais um, mas não foi beeem assim!
 Algumas pessoas tem me criticado pelas minhas leituras, só porque sou professora não significa que tenho que ler somente clássicos, e outra, provavelmente já li mais clássicos do que quem fala isso! #hunf
Voltando ao livro maravilhoso , que é o que interessa, comecei a leitura imaginando uma coisa, e o livro me levou para outro caminho...
Gabriel é um professor universitário que se vê incomodado com a presença de sua nova aluna, Julianne! Em princípio ele não sabe o que sentir por ela, mas aos poucos começa a sentir vontade de cuidar, proteger e ficar cada vez mais perto da inocente Julia. Julia, por sua vez, sabe exatamente o que quer de Gabriel: seu amor! Eles se conheceram quando Júlia ainda era uma adolescente de 17 anos, e apesar de Gabriel ser 10 anos mais velho que ela, os dois acabaram encantando-se um pelo outro, mas foi apenas uma noite. Para o desespero de Julia, Gabriel não a reconhece, e para sua tristeza, ele a trata com desprezo. Assim começa a relação dos dois protagonistas, que a cada capítulo começam a se conhecer melhor e viver uma intensa história de amor, redenção e superação.
Gabriel é um homem bruto, daqueles que falam na lata o que estão pensando,mas apesar de tudo é um home lindo, de olhos azuis. Já Julia é o extremo oposto, uma garota insegura, delicada e que tem medo de enfrentar algumas situações.
O livro não é erótico, portanto se você está atrás de algo nesse gênero, o livro não é este. O inferno de Gabriel é um romance, dos mais açucarados que já li. A forma com que Gabriel procura ser um homem melhor para merecer o amor de Julia me encantou por completo. Ele é o homem que qualquer mulher gostaria de ter. Além disso, as citações de Dante, referências à músicas e ouras obras literárias e artísticas só enriqueceu a narrativa.
Gostei muito da escrita do autor, e aguardarei ansiosamente pelo segundo livro da trilogia! Já recomendo para as amigas que gostam de um romance lindo de viver! <3
Um trechinho para sentirem o gostinho...

"Quando eu for um homem velho e não me lembrar de mais nada, vou lembrar-me deste momento. A primeira vez que meus olhos viram um anjo de carne osso. Vou lembrar de seu corpo, seu rosto bonito... vou me lembrar do seu cheiro e seu toque e como era amar você. Mas acima de tudo vou me lembrar como se senti ao olhar para verdadeira beleza, tanto dentro como fora. Pois tu és bela, minha amada, na alma e no corpo, generosa de espírito e de coração. E eu nunca vou ver nada deste lado do céu mais belo do que você” (Gabriel Emerson)

Kit lindo que a editora enviou! <3 Amei, e além disso muitas coisas legais no pendrive personalizado... e tem como não amar?

domingo, 3 de março de 2013

Um lugar para ficar de Deb Caletti

Sinopse - Alguns segredos são fortes o bastante para destruir você 
O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...



Mesmo depois de ter lido muitas resenhas sobre este livro, demorei muito para decidir pegá-lo para ler, e até agora me pergunto o porquê!! A capa é muito bonita, mas já transmite um pouco do espírito do livro, pois a menina está sozinha com seus pensamentos...
 Um lugar para ficar conta a história de um amor obsessivo. Clara Oates conhece Christian em um jogo de basquete da escola e fica encantada com a beleza do rapaz e a intensidade de seu olhar. E aí começa uma nova paixão, tão intensa que Clara não se dá conta dos sinais de obsessão que começam a surgir desse relacionamento.
A narrativa se dá de forma intercalada,ou seja, em um capítulo Clara conta sobre o passado e no outro sobre o presente. Ela vai fazendo uma retrospectiva de como foi se envolvendo com Christian e os sinais de sua obsessão, que na época ela não percebia.
Gostei também de a protagonista não ficar só se lamentando, e de ter força para seguir sua vida e não ter medo de se apaixonar novamente!
Um livro reflexivo, envolvente e com uma narrativa rápida que com certeza vale a leitura, apesar de o tema ser forte.

“(...) É estranho, não é, como a ideia de pertencer a alguém pode parecer maravilhosa? Era algo tranquilizador, um modo de definir as coisas. Gostamos da ideia de estarmos protegidos, até que ficamos sufocados demais. Gostamos de ter segurança, até que ela signifique que não existe mais uma saída. E gostamos de pertencer a alguém, até percebermos que não somos mais nós mesmos.”
Pág. 64.


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Participe e concorra a "A luz através da janela"


Autora best-seller Lucinda Riley vem ao Brasil escrever o seu próximo romance
Lucinda Riley, autora best-seller de A Casa das Orquídeas e A Luz Através da Janela,  com mais de 1,7 milhões de exemplares vendidos em todo mundo está desembarcando no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, na próxima semana. Desta vez, a autora vem com um objetivo especial: escrever seu próximo romance, cuja história se passará no Rio. A inspiração surgiu em sua primeira visita ao Brasil, no ano passado, quando participou da Bienal Internacional do Livro, em São Paulo. Em passagem pelo Rio, a autora se apaixonou pela beleza e história da cidade, e elegeu-a como cenário de seu próximo título. Lucinda estará em pesquisa na cidade, com a ajuda de uma historiadora, por quatro dias, e depois seguirá para Búzios, onde escreverá o livro.
A Novo Conceito aproveita o momento em que estreia na rede social Google+ para promover um Hangout em parceria com o Google Play entre a autora e todos os seus leitores.
Participe do nosso Concurso Cultural e tenha a chance de participar do Hangout e fazer sua pergunta, ao vivo, para a Lucinda Riley ou de ter sua pergunta selecionada para que ela responda.
E o melhor: os leitores que tiverem as 20 melhores perguntas ganharão um exemplar de "A Luz Através da Janela" autografado com seu nome.
Fique tranquilo! Se você não puder falar ao vivo pela webcam com a autora, você poderá acompanhar o bate-papo através do link que será divulgado em nossas redes sociais.

Faça suas perguntas neste post aqui na página no Google +, leia atentamente o regulamento e participe!


sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Laços inseparáveis de Emily Giffin

Sinopse: O lugar ao qual pertencemos é onde menos esperamos nos encontrar. - Emily Giffin

A autora de cinco romances de sucesso, Emily Giffin, lança uma história inesquecível de duas mulheres, as famílias que a fazem ser quem são, e a lealdade e o amor que as ligam. Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos, vivendo seu sonho em Nova York. Com uma carreira bem-sucedida e um relacionamento satisfatório, ela convenceu todo mundo, inclusive si mesma, que sua vida está do jeito que ela deseja. Mas uma noite, Marian atende a porta... para apenas encontrar Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensou ter deixado para trás para sempre. Desde o momento que Kirby aparece na sua porta, o mundo perfeitamente construído de Marian — e sua verdadeira identidade — será chacoalhado até o fim, fazendo ressurgir fantasmas e memórias de um caso de amor apaixonado que ameaça tudo para definir quem ela realmente é. Para a precoce e determinada Kirby, o encontro vai provocar um processo de descobrimento que a leva ao começo da vida adulta, forçando-a a reavaliar sua família e seu futuro com uma visão sábia e doce. Enquanto as duas mulheres embarcam em uma jornada para encontrar o que está faltando em suas vidas, cada uma irá reconhecer que o lugar no qual pertencemos normalmente é onde menos esperamos — um lugar que talvez forçamos a esquecer, mas que o coração se lembra eternamente.

Depois que li "O noivo da minha melhor amiga", me apaixonei pela escrita da autora, e todo e qualquer livro dela eu quero e sei que vou amar a leitura! Com Laços inseparáveis, não foi diferente! Foi uma leitura agradável, que fluiu naturalmente com o decorrer dos acontecimentos da trama. Gostei do tema: adoção, achei apropriado, e a forma como a autora o abordou fez com que as emoções ficassem à flor da pele...  A história é narrada pelas duas personagens principais, Marian e Kirby, sendo cada capítulo intercalado por cada uma. Acho super interessante esta forma de escrita, pois conseguimos perceber o que cada lado da situação está se sentindo e o que pensa. Suas reações e suas falas ficam mais verdadeiras, pois a autora dá voz e vez para cada uma se expor. 

A história é sobre Marian e Kirby, mãe e filha que não se conhecem pois quando engravidou, Marian decidiu dar o bebê para adoção, 18 anos atrás. Mas quando Kirby descobre que com 18 anos pode ir atrás de sua mãe biológica, decide bater em sua porta para confrontar seu passado e descobrir o porquê de ter sido dada à adoção. Mas ao bater à porta de Marian, Kirby não faz ideia de que fará sua mãe biológica ter que confrontar seu passado e reviver emoções que há muito tentava guardar em uma gaveta, com aquela foto amarelada de sua juventude. 

Gostei bastante das personagens, pois são bem verossímeis, seus sentimentos podem ser igualados aos de qualquer um de nós, nos fazendo sentir parte da história e dos dramas das protagonistas. Marian é uma bem sucedida produtora de seriados, e tem um relacionamento estável com um figurão da TV. Já Kirby mora em St Louis com seus pais adotivos e sua irmã, a qual ela considera perfeita. Kirby se sente diferente de sua família, pois não possui características parecidas com quem a criou, e é por este motivo também, que decide sair à procura de seus pais biológicos e descobrir quem ela realmente é e seu lugar no mundo.

Uma história que poderia muito bem ter acontecido com qualquer um, Laços inseparáveis faz com que pensemos que muitas decisões tomadas na juventude podem deixar sua vida amarga por muitos anos, e muitas vezes são coisas difíceis de serem consertadas! Tocante, singular e simples, esta história irá arrebatar seu coração!

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

À primeira vista de Nicholas Sparks

Sinopse - Será Que de Fato é Possível Amar Alguém à Primeira Vista? 

Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos. Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte.
Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão.
Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior – e o melhor – ainda estava por vir.
À primeira vista captura toda a incerteza, a tensão e a angústia da vida desse jovem casal, mas também retrata o romantismo, o companheirismo, a descoberta e o amadurecimento que só o verdadeiro amor pode proporcionar.


Sempre piro com os livros do Nicholas Sparks rsrs Sorry se tem alguém que não curte, mas sempre tiro uma lição ou outra dos livros dele e sempre me emociono. No entanto, fiquei chateada depois que descobri que este é o segundo livro sobre o casal, o primeiro é O milagre, que não tenho e ainda não li. O ruim é que agora li spoilers do primeiro, mas ainda assim quero comprá-lo e lê-lo para saber como tudo começou.

Bom, mas neste livro Jeremy faca noivo de Lexie de uma forma meio relâmpago para a família e amigos dele. Isso porque eles se conheciam a muito pouco tempo, quase não sabiam nada um do outro, pois sua convivência havia sido curta, no entanto eles tinham um laço em comum, um pequeno milagre: Lexie estava grávida de Jeremy. O que seus amigos estranharam é que Jeremy havia sido diagnosticado estéril quando tentou ter um filho com sua ex-mulher. Com tudo isso, Jeremy decide mudar-se de Nova York para Boone Creek, onde Lexie tinha toda a sua vida, sua avó e o trabalho como bibliotecária. Mas essa mudança não será nada fácil para Jeremy, que terá que lutar contra um bloqueio criativo e sua adaptação à vida no interior, além de superar os momentos difíceis da gravidez de Lexie.
Um romance cheio de descobertas, intenso, avassalador, daqueles que você não consegue esquecer ao final. Leiam, pois este livro me deixou com lágrimas nos olhos e um sentimento forte no peito! Muito lindo! Recomendo!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Por um momento apenas de Bella Andre

Sinopse - Por Um Momento Apenas - Os Sullivans - Livro 02 - Bella Andre

Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome — Nico —, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é... ou de magoá-la novamente.
Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo — e as promessas transgressoras — em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos. Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos — e a atração profunda — os aproximava cada vez mais.
Bella Andre nos presenteia com o segundo volume desta série sensual e romântica, em que o amor pode tornar um simples encontro algo quente para sempre...



Depois de ler Um olhar de amor, me peguei curiosa para ler outros romances da autora, pois a escrita dela é daquelas que flui naturalmente, e quando você percebe, já leu todo o livro numa sentada só! No meu caso numa noite, pois com as meninas não dá para ler muito durante o dia... rsrs Me arrependi horrores de não ter levado este livro para a praia, tinha decidido levar 4, mas na última hora, deixei 2 em casa. Resultado: fiquei dias sem livros para ler e não queria comprar nada na praia por ser muito caro! Fora que amo comprar online kkk me interna, eu amo quando chega algo pelo correio rsrs

Em um olha de amor o irmão em questão era Ryan, já em Por um momento apenas, o queridinho da vez é Marcus. Ele aparece no primeiro livro, o que me interessou muito rsrs pois tinha um ar tristonho e eu estava doida para descobrir o porque daquilo. Pois bem, Marcus é o mais velho do clã dos Sullivan, aquele que criou os outros sete irmãos depois da morte do pai, quando ele tinha apenas 14 anos. Marcus ajudou sua mãe nessa árdua tarefa, o que fez com que deixasse sua vida em segundo plano. Ele estava noivo de Jill, uma moça estranha e fria, que parecia não gostar mesmo de Marcus, e é aí que ele descobre que Jill é uma traidora, e que não era a mulher que ele gostaria que fosse. Na mesma noite o bonitão decide sair para uma noite de prazer, mas apenas por uma noite... O que ele não esperava era encontrar a bela Nicole, uma cantora pop que decidiu fazer o mesmo que ele naquela fatídica noite, sair com alguém apenas por uma noite. A partir daí vocês já sabem, né?

É um romance erótico, com muitas cenas de sexo, então apenas recomendado para maiores de 18 anos. Achei que neste segundo romance a escrita da autora ficou ainda melhor, mais fluído, e com cenas melhor construídas, não apenas o sexo de forma bruta, mas com todo o romantismo necessário nesse gênero. Gostei também o fato de não ter nenhum vilão, ou alguém contra o relacionamento dos dois, o que há são as dúvidas e inseguranças do próprio casal em relação ao que querem ou não para suas vidas. Ah e o que me deixou com vontade de quero mais??? No finalzinho do livro Gabe aparece mais... Gabe, o bombeiro!! O que será que Gabe aprontará com nossos corações no terceiro livro da serie? Já tô doida pra saber!!!

sábado, 26 de janeiro de 2013

A viagem do tigre de Coleen Hoock



Sinopse 

Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.
Em A viagem do Tigre, terceiro volume da série A Saga do Tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada emdireção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, corações partidos e ação de primeira.



Eu sempre amei a capa do primeiro livro dessa série, que aliás, tô indicando pra Deus e o mundo rsrsrs! O kit desse livro é tão, mas tão show que só mostrando foto pra vocês verem do que estou falando...

É um jogo americano para refeição, mas fiquei com pena e coloquei como quadros na parede do meu escritório rsrsrs Esqueci de bater foto, mas veio um botton e marcador do livro! Muito lindo!

Bom, depois de babar pelo kit, vamos ao livro em si rsrsrs Quem não leu os dois primeiros, pode encontrar algum spoiler, apesar de eu não costumar comentar muito sobre o enredo...
 Essa série foi minha descoberta de 2012, então sempre começo a leitura com grandes expectativas, pois amo a história de Ren, Kishan e Kelsey. Em A viagem do tigre não foi diferente, Kelsey, Kishan e Ren se aventuraram em terras mágicas e desconhecidas, o que me fez viajar com eles pelas diversas culturas as quais são apresentadas. Collen Houck é mestra em surpreender seus leitores com monstros mitológicos, aventuras inimagináveis e disputas românticas de tirar o fôlego. Em diversas partes da trama, me senti claustrofóbica devido aos lugares a serem visitados pelos personagens, parecia que era eu quem estava me busca de mais um presente para Durga nas profundezas do mar!
Neste livro Kelsey está ainda mais confusa. Após Ren ter retornado sem lembrar de nada em relação aos dois, ela tenta lidar com a condição de amiga de seu amado, enquanto Kishan está cada vez mais a pressionando a ceder sob suas investidas, pois ele não a quer apenas como amiga, a quer como namorada.
O que ninguém esperava era que Ren pudesse se apaixonar novamente pela mesma mulher, mesmo não lembrando do que aconteceu anteriormente. Enquanto isso Kishan cada vez mais se aproxima de Kelsey e tem sua total confiança, o que deixa a garota cada vez mais confusa... Agora é enfrentar a disputa dos dois tigres pelo coração da bela guerreira que Kelsey se tornou, além da procura ao novo presente de Durga em meio a tubarões, dragões, sereis e outros seres mitológicos que só mesmo Coleen Houck poderia imaginar.

Livro mais que recomendado para os amantes de aventuras e romances de deixar com o coração na mão. Além disso, a edição da Editora Parceira Arqueiro, é muito linda e caprichada!
Coleção quase completa, falta só  O destino do tigre! <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...